Sai novo chamamento público para ocupação do Casarão Von Schilgen

A Companhia de Desenvolvimento, Turismo e Inovação de Vitória (CDTIV) publicou nesta terça-feira (12), no Diário Oficial do Município(página 7), o novo chamamento público para formalização de acordo de cooperação com Organização da Sociedade Civil (OSC) para restauro e utilização do Casarão da Chácara Von Schilgen, na Praia do Canto, para projetos de uso público.

Fachada da sede do Parque Chácara Von Schilgen

As organizações interessadas deverão apresentar dois envelopes na sede da CDTIV, localizada no Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (CIAC), na Enseada do Suá: um contendo documentação da Proposta Técnica (envelope A) até as 18h30 do dia 10 de dezembro; e o outro com documentação de Habilitação (envelope B) até as 18h30 do dia 12 de dezembro.

O edital completo, com todas as regras, pode ser conferido no site da CDTIV. Os selecionados vão poder reformar o imóvel e dar uso em projetos ligados à educação ambiental e patrimonial, ao desenvolvimento científico, ao resgate histórico, ao fomento ao empreendedorismo, ao atendimento a turistas ou à prestação de serviços de interesse coletivo.

Segundo o diretor-presidente da CDTIV, Leonardo krohling, o primeiro edital de chamamento foi publicado em outubro, mas não houve proponentes interessados. “Como o primeiro chamamento deu deserto, publicamos novamente o edital com alteração da data de entrega da documentação para até o dia 12 de dezembro. A organização escolhida vai assinar um acordo de cooperação com o município para uso do espaço por dez anos, podendo ser renovado pelo mesmo período”, afirma.

Pré-requisitos

Os pré-requisitos para participar são ter ano de existência legal e previsão em seus contratos de objetivos inerentes ao objeto do chamamento público. Segundo o edital, é proibida a participação de entidades não legalizadas e sem comprovação de habilitação jurídica, fiscal e técnica e de consórcios.

Krohling destaca a importância do espaço para o município. “O casarão é um espaço belíssimo e de grande relevância para a cultura capixaba, bem localizado no coração da Praia do Canto. A proposta é dar uso a essa edificação histórica, sem custos para o município. Após a assinatura do acordo com a CDTIV, a organização vencedora terá 180 dias para iniciar os trabalhos de restauro”, revela.

História

A edificação, construída por João Batista Politti, abrigou uma das famílias mais ricas e tradicionais da sociedade capixaba, no final do século XIX. Ela ficou vazia e passou a ser alvo de interesse do mercado imobiliário devido à sua localização, perto do Morro do Cruzeiro, e à valorização crescente do bairro.

O imóvel teve a cobertura restaurada pela Prefeitura de Vitória em 2009, visando minimizar a ação das intempéries. A residência já sediou a Casa Cor ES. Atualmente, a casa encontra-se desocupada.

A área do casarão abriga o Parque Natural Municipal Von Schilgel. O local conta com lindas paisagens, trilhas para caminhadas e contempla inúmeras espécies de árvores e refúgio de aves silvestres. A altitude até o topo do morro é de 65 metros. O funcionamento é de terça a domingo, das 8 às 17 horas.