29 de novembro de 2017

Parque Tecnológico – Características

Idealizado na década de 90, quando foi criado o Fundo Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação (Facitec), o Parque Tecnológico da cidade de Vitória, Espírito Santo, começa a ganhar formas com o início das obras do primeiro prédio que abrigará o seu Centro de Inovação. A obra que está sendo realizada com recursos do Governo Federal, via Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações, foi autorizada em 14 de agosto. A obra está sendo realizada pela Secretaria de Obras de Vitória (Semohab). A previsão é de que o prédio seja entregue no final de 2018.

Como é sabido, a capital capixaba não tem espaços físicos disponíveis para novas indústrias e agropecuária, portanto, a sua vocação econômica está baseada na prestação de serviços. O Parque surge com a missão de ser o grande centro articulador da inovação da cidade e do Estado.

Localização
O Parque está localizado na região de Goiabeiras, perto do aeroporto, e é composto de uma área de 330 mil metros quadrados, dividida em três espaços menores – sendo uma para a implantação do Centro de Inovação, outra para a construção de laboratórios de pesquisa compartilhada e um para a instalação de empresas e indústrias de base tecnológica.

A CDV e a Semohab estão trabalhando para a contratação de uma consultoria especializada com o objetivo de definir, entre outros itens, o modelo de negócios do Parque Tecnológico.