Parque Tecnológico: sinal verde para obras do Centro de Inovação

As obras do Centro de Inovação, primeiro prédio do Parque Tecnológico de Vitória, em Goiabeiras, estão previstas para durar 15 meses, com orçamento de R$ 5.403.718, 17. Serão construídos três pavimentos, numa área de 2.098 metros quadrados. A solenidade que marca o início dos trabalhos acontece nesta segunda-feira (25 de setembro), às 19 horas, na praça Três de Maio.

O Centro de Inovação será o ponto de partida de uma proposta inovadora e contribuirá para o desenvolvimento sustentável da cidade de Vitória. O empreendimento será voltado para empresas de base tecnológica, como laboratórios, empresas de certificação de produtos, agentes de fomento à ciência, incubadoras e empresas de software.

A produção será destinada às empresas locais de petróleo, games, celulose e minério de ferro, com expectativa de expandir para o mercado externo focado na robótica, biotecnologia e nanotecnologia. A expectativa é de que sejam gerados 140 empregos diretos já no primeiro ano.

Vocação

A nova vocação da capital serão a tecnologia e os processos inovadores, segundo o presidente da Companhia de Desenvolvimento de Vitória (CDV), José Vicente Pimentel.

“O edifício do Centro de Inovação é o ponto de partida de uma proposta inovadora, que contribuirá para o desenvolvimento sustentável da cidade de Vitória e seu entorno. Conversamos com todos os setores capixabas que serão parceiros nesse novo polo de desenvolvimento e sustentabilidade. Todos concordam que é desejável, é oportuno e necessário criar um novo futuro com oportunidades de trabalho, renda e arrecadação baseadas em produtos e serviços de alto valor agregado”, afirmou José Vicente.

 

Publicada em 25/09/2017, às 16h10

Por SEGES/SUB-COM | Com edição de SEGES/SUB-COM